Out05

1º Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde

Realização
Patrocinador
Detalhes
Data e Horário do evento
05.10.2020 das 09:00 às 10:40
06.10.2020 das 09:00 às 10:40
Local do evento

Online

Idioma do evento
Alemão com tradução simultânea
Valores
Gratuito
Inscrições

Tema e Sinopse

Como a principal aposta para a descarbonização da economia mundial, o hidrogênio deverá atrair bilhões de investimentos na próxima década. Ainda que se trate de um produto caro, o H2 é muito versátil e pode ser aplicado em diversos setores, como químico, petroquímico e siderúrgico, tendo viabilidade econômica de geração e uso fortemente atrelada à disponibilidade de energias renováveis, o que demonstra o grande potencial do Brasil como fornecedor global.

Considerando este contexto e a recente implementação da estratégia nacional alemã para o hidrogênio, a Câmara Brasil-Alemanha tem o prazer de anunciar seu primeiro Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde.

Através de apresentações e painéis de discussão com representantes de governo, empresas, comunidade científica e sociedade civil, o congresso online tem como intuito apresentar questões técnicas, fomentar o networking, identificar oportunidades e estabelecer cooperações. Como resultado, esperamos obter um compromisso entre os principais stakeholders para um melhor aproveitamento local das oportunidades oriundas do Hidrogênio Verde e da relação Brasil-Alemanha.

5 de outubro

9:00 a.m.

Discurso de abertura

9:20 a.m.

O contexto brasileiro de H2

9:30 a.m.

O contexto alemão de H2

9:40 a.m.

A Plataforma de Hidrogênio Verde

9:50 a.m.

Hidrogênio Verde – Como o Brasil pode ser beneficiado?

10:00 a.m.

O que a ciência diz sobre o Hidrogênio verde

10:10 a.m.

A indústria aposta no H2

10:20 a.m.

O verdadeiro acordo verde?

10:30 a.m.

Q&A (perguntas e respostas)

10:35 a.m. - 10:40 a.m.

Fechamento

6 de outubro

9:00 a.m.

Discurso de abertura

9:10 a.m.

A plataforma de Hidrogênio Verde: Impulsionando o Hidrogênio Verde

9:20 a.m.

Hidrogênio Verde: as principais tendências para a cadeia de valor

10:20 a.m.

Q&A (perguntas e respostas)

10:35 a.m. - 10:40 a.m.

Fechamento

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As the main bet for the decarbonization of the world economy, hydrogen should attract billions of investments in the next decade. Although it is an expensive product, H2 is highly versatile and can be applied in several sectors, having economic viability of generation and use strongly linked to the availability of renewable energies, which demonstrates Brazil’s great potential as a global supplier. 

Considering this context and the recent implementation of the German National Hydrogen Strategy, the German-Brazilian Chamber, through the German-Brazilian Green Hydrogen Alliance, is pleased to announce the first German-Brazilian Green Hydrogen Congress. 

Through presentations and discussion panels with representatives of the government, companies, scientific community and civil society, the online congress aims to present technical matters, foster networking, identify opportunities and establish cooperation. As a result, we look for a commitment among the main stakeholders for a better local use of opportunities arising from Green Hydrogen and the German-Brazilian relationship.

October 5

9:00 a.m.

Opening Speech

9:20 a.m.

The Brazilian H2 context

9:30 a.m.

The German H2 context

9:40 a.m.

Moving on: The Green H2 Platform

9:50 a.m.

Green H2 - What's in it for Brazil?

10:00 a.m.

What the science says about Green H2

10:10 a.m.

Industry goes Green H2

10:20 a.m.

The real green deal?

10:30 a.m.

Q&A

10:35 a.m. - 10:40 a.m.

Closing remarks

October 6

9:00 a.m.

Opening Speech

9:10 a.m.

The Green H2 Platform: Making Green H2 work

9:20 a.m.

Green H2: Main trends for the entire value-chain

10:20 a.m.

Q&A

10:35 a.m. - 10:40 a.m.

Closing remarks

Palestrante(s)

- Manfredo Rübens – Presidente da BASF América do Sul e da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo;

- Heiko Thoms – Embaixador da República Federal da Alemanha;

- Thiago Barral – Presidente do EPE (Empresa de Pesquisa Energética);

- André Clark – CEO da Siemens Energy;

- Bernd dos Santos Mayer – Consultor de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo;

- Ansgar Pinkowski – Gerente de Inovação e Sustentabilidade da Câmara Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro;   

- Paulo Alvarenga – CEO da thyssenkrupp;

- Nivalde de Castro – GESEL (Grupo de Estudos do Setor Elétrico) – Instituto de Economia da UFRJ;

- Prof. Dr.-Ing. Sterner - Head of Department - Ostbayerische Technische Hochschule;

- Antonio Roberto Cortes – CEO da MAN Latin America;

- Hanno Erwes – Diretor Executivo da AHK Rio;

- Monica Saraiva Panik – Director Institutional Relations ABH2 (Brazilian Hydrogen Association).

Observações

  •  
Voltar